Radio Cambeonline
Publicidade
Publicidade
Nossa Localizacao
Cambé/PR
Escola Lourdes Gobi realiza segunda edição de projeto de empreendedorismo para alunos
15/11/2018

No último sábado (10), a Escola Municipal Professora Lourdes Gobi Rodrigues realizou a 2ª edição da Feira do Empreendedor do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). O evento foi uma realização da parceria entre a Prefeitura e o SEBRAE para incentivar as crianças ao empreendedorismo já no ensino fundamental envolvendo todo o ambiente escolar.
O projeto começou a ser trabalhado com os alunos do 3° ao 5° ano depois do recesso de julho. A primeira etapa foi o estudo do livro com os princípios do empreendedorismo do SEBRAE em sala de aula, a segunda consistiu na criação de miniempresas e a decisão de quais produtos seriam produzidos. A terceira aconteceu com a definição da data da Feira e a divulgação do evento para a comunidade.
Segundo a diretora da escola, Mayara Alcântra Ricordi, o projeto foi adaptado às matérias regulares da escola, mas toda a equipe pedagógica se empenhou em fazer mais atividades e conseguiu conciliar com o calendário escolar. “As professoras produziram um jornal escolar com os alunos do quarto ano para divulgar sobre o projeto para toda a escola e conseguir doações para enriquecer os produtos das crianças”.
Os alunos confeccionaram brinquedos ecológicos, produziram doces, cachorros-quentes (o famoso o “Hot Gobi”), suco de laranja, arrecadaram livros e roupas para serem vendidos no sebo e brechó da feira, e até montaram uma sala para servir de ‘balada’ para os visitantes. Os valores dos produtos iam de um a cinco reais.
A aluna Jenifer Souza, do 5° ano, fez parte da barraca do “Hot Gobi – 2ª Edição” e explicou que aprendeu muito com o projeto e gostou de todo o processo de criação da empresa, principalmente a parte de arrecadar os alimentos necessários para fazer o lanche. “Eu aprendi também que é preciso saber trabalhar em grupo e que para uma empresa dar certo é preciso que todos os colaboradores se dediquem a isso”, completou.
De acordo com Ricordi, o projeto envolveu mais de 300 pessoas, desde as funcionárias da limpeza até os pais dos alunos. A vendedora Priscila Oracio acompanhou junto com a filha do 3° ano todo o projeto e a ajudou montar os brinquedos ecológicos. “Gostei muito da iniciativa da escola de realizar a Feira, ajudei minha filha a arrecadar os materiais para montar os brinquedos e hoje estou vendo o resultado”, disse.
A escola promoveu a Feira pelo segundo ano consecutivo e a secretária de Educação, Cláudia Codato, explicou que projetos assim são essenciais para a educação. “Projetos como este incentivam o aprendizado das matérias de uma forma significativa. Na disciplina de matemática, por exemplo, elas aprendem a fazer o troco, a calcular o preço dos produtos, o lucro e as despesas. Desde o início dessa administração, um dos focos da Secretaria é desenvolver as características empreendedoras nos alunos de forma mais ativa”, explicou.
O lucro obtido pelas crianças na Feira será calculado e cada sala vai decidir o que será feito com o dinheiro. Se houver sobra dos produtos, a escola vai realizar uma ‘Black Friday’ na última semana do mês para finalizar as vendas. “Um dos resultados que nós conseguimos alcançar foi fazer as crianças entenderam que nem sempre o mais importante é obter o lucro. O que importa é desenvolver a criatividade e características empreendedoras”, declarou a diretora.
Fonte: PMC
Especial Nilson Barbosa
00:00 as 24:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Cambé - Parana - Cambé/PR
Ligue agora
(43) 9924-0334
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS